Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BdP diz que depósitos caem porque famílias estão a investir poupanças noutras aplicações

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 22 nov (Lusa) - O Banco de Portugal (BdP) disse hoje que a queda nos depósitos verificada em setembro não se deve a uma diminuição das poupaças das famílias, mas a uma reorientação para outras aplicações financeiras, sobretudo obrigações.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo BdP, no Boletim Estatístico, os depósitos dos particulares nos bancos caíram em setembro, pelo segundo mês consecutivo, para 130.504 milhões de euros, menos 893 milhões de euros do que em agosto.

Num comunicado divulgado esta noite, o BdP considera que esta evolução dos depósitos "não deverá ser interpretada como a existência de um fenómeno de mobilização generalizada de ativos por parte dos particulares", já que há outras formas de aplicação das poupanças, como fundos de investimento, obrigações (títulos de dívida), ações, certificados de aforro ou do tesouro.