Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

BCP prevê reduzir mais 250 trabalhadores já este ano

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - O BCP prevê reduzir o número de trabalhadores em cerca de 250 pessoas por ano, através de saídas naturais de funcionários que não são substituídos, disse hoje o presidente do banco, Nuno Amado.

Depois de este ano terem saído quase 1.000 trabalhadores do BCP, sendo que mais de 600 foram através de rescisões amigáveis, Nuno Amado disse que agora o objetivo é haver "saídas naturais de 200 a 250 pessoas por ano".

O banqueiro justificou este plano com a menor procura de serviços bancários e o uso crescente de meios eletrónicos pelos clientes, pelo que o banco fechará agências.