Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bastonário da OTOC considera que Cavaco "deu uma sapatada no PSD e no CDS"

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 11 jul (Lusa) -- O bastonário da Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, Domingues Azevedo, considerou hoje que o Presidente da República "deu uma sapatada no PSD e no CDS", dizendo-lhes "ponto final, vamos marcar eleições!'.

Domingues Azevedo manifestou-se ainda "surpreendido pela positiva" com a "leitura correta" que o Presidente da República fez da situação política do país, considerando que "a austeridade, a forma como estava a ser conduzido todo este processo e a forma como foi negociado o prazo para Portugal cumprir o programa de assistência financeira tornavam inviável esse objetivo", afirmou à Lusa.

"O presidente fez duas coisas muito simples, primeiro, deu uma sapatada no PSD e no CDS, na medida em que, antecipadamente e a prazo, lhes disse: 'os senhores não servem! Ponto final, vamos marcar eleições.' E depois procurou uma espécie de concertação nacional, de esforço extra daqueles que tiveram responsabilidades de governação no sentido de se entenderem até 2014 e encontrarem um consenso capaz de gerir o país", afirmou