Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Barroso rejeita antecipar cenários e diz que UE não está contra competitividade da Alemanha

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 13 nov (Lusa) - O presidente da Comissão Europeia rejeitou hoje antecipar conclusões sobre a análise à situação macroeconómica alemã, sublinhando que "a Europa não está contra a competitividade" da Alemanha, mas que esta "pode fazer mais" para apoiar o crescimento europeu.

"O que estamos a lançar é um procedimento de análise aprofundada que é praticamente automático", afirmou José Manuel Durão Barroso, em Bruxelas, durante a conferência de imprensa de arranque do semestre europeu de 2014, ao lado do comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, e do comissário do Emprego, Lázló Andor.

Barroso especificou que os indicadores mostram que a Alemanha "ultrapassou os limites indicativos" em vários níveis económicos e que, "numa aplicação objetivo do novo modelo [europeu] de governação económica", é "inevitável lançar esta análise aprofundada".