Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Barreiras cedem à água salgada no Baixo Vouga devido ao mau tempo

Lusa economia

  • 333

Aveiro, 08 abr (Lusa) - Os muros de proteção aos campos do Baixo Vouga sofreram danos com o mau tempo dos últimos dias e estão a deixar passar a água salgada, estando perdida a produção forrageira de outono/inverno, alertou hoje a ALDA.

De acordo com a Associação da Lavoura do Distrito de Aveiro (ALDA), que reclama uma intervenção urgente para suster a água salgada, "o mau tempo que se tem verificado provocou estragos nos muros de suporte, que evitam a entrada de água salgada nos campos de Canelas e Salreu (concelho de Estarreja), sendo que neste momento as marés têm levado a que a água salgada comece a entrar para os campos".

Grande parte da produção forrageira de outono/inverno encontra-se já perdida, segundo aquela associação, que adverte que, "caso não sejam feitas obras rápidas de recuperação dos muros de suporte, as marés poderão chegar com facilidade até Angeja, provocando a salinização e perda de potencial produtivo de milhares de hectares".