Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banco de Portugal defende revisão da lei que permite resgate dos PPR para pagar crédito ao banco

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 fev (Lusa) - O governador do Banco de Portugal defendeu hoje, no parlamento, a revisão da lei que permite que os clientes bancários resgatem PPR para pagar as prestações do crédito à habitação para evitar as queixas que têm surgido.

Carlos Costa foi hoje questionado por deputados de vários partidos sobre queixas de clientes sobre as dificuldades que os bancos têm colocado ao resgate de planos poupança reforma (PPR) ou planos poupança educação (PPE) para pagar o crédito à habitação, sem penalizações ou perda de benefícios fiscais.

Em resposta, o responsável pelo supervisor bancário disse que o Banco de Portugal não foi consultado na criação desta legislação e considerou que há nesta "insuficiências". Carlos Costa disse ainda que "a letra [a lei] ficou aquém do espírito" desta, pelo que defendeu uma "clarificação legislativa" para superar as dificuldades agora sentidas.