Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banco britânico Lloyds reduz prejuízos em 50% para 1,5 mil milhões de euros

Lusa economia

  • 333

Londres, 1 mar (Lusa) - O banco britânico Lloyds, liderado pelo português Horta Osório, reduziu os prejuízos em 50% em 2012 em relação ao ano anterior, para os 1.343 milhões de libras (1.560 milhões de euros), apesar das indemnizações milionárias pela venda indevida de seguros.

Num comunicado, o banco, que foi parcialmente nacionalizado em 2008, adiantou que os prejuízos se deveram em grande parte às provisões que teve de efetuar para compensar os clientes aos quais vendeu de forma inadequada seguros de proteção e contra a volatilidade das taxas de juro.

Para fazer frente a estas indemnizações, a instituição financeira, em que o Estado britânico detém 39%, disponibilizou 3.575 milhões de libras (4.150 milhões de euros) o ano passado.