Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Banca: Bruxelas quer reforço no combate à manipulação das taxas

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 25 jul (Lusa) - A Comissão Europeia apresentou hoje uma série de novas propostas com o intuito de reforçar o combate à manipulação de taxas interbancárias, alterando as sanções penais e a regulamentação, semanas depois do escândalo em torno da Libor.

"As alterações hoje apresentadas proibirão inequivocamente a manipulação dos parâmetros de referência, nomeadamente da Libor e da Euribor, e caracterizarão essa manipulação como infração penal", perspetiva o executivo comunitário.

"A confiança do público caiu a pique com os escândalos mais recentes que envolvem uma manipulação grave das taxas interbancárias. É necessário atuar a nível da UE para pôr termo às atividades criminosas no setor bancário, fim para o qual a legislação penal poderá ser utilizada com forte efeito dissuasor", comentou Viviane Reding, comissária europeia responsável pela pasta da Justiça.