Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Redução da taxa social única poderá custar entre 2.100 e 2.300 milhões de euros

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 07 set (Lusa) - A redução em quase seis pontos percentuais da taxa social única (TSU, contribuição das empresas para a segurança social) hoje anunciada pelo primeiro-ministro deverá custar entre 2.100 e 2.300 milhões de euros em receitas para o Estado.

Num discurso à nação esta noite, Pedro Passos Coelho anunciou que, no próximo ano, o Governo vai "descer a contribuição exigida às empresas para 18 por cento". Esta é uma redução de 5,75 pontos percentuais.

No ano passado, um grupo de técnicos do Governo e do Banco de Portugal elaborou um estudo onde se estimava o impacto da descida da TSU. O estudo conclui que o custo anual seria de 400 milhões de euros por cada ponto percentual.