Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Declaração de Paulo Portas foi "cena maquiavélica" -- Arménio Carlos

Lusa economia

  • 333

Leiria, 07 mai (Lusa) - O secretário-geral da CGTP disse hoje que a conferência de imprensa de domingo do presidente do CDS-PP e ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, foi uma "cena maquiavélica" e de "grande hipocrisia".

Arménio Carlos expressou a convicção de que Paulo Portas "abriu no domingo uma nova campanha eleitoral, assumindo publicamente o seu desejo de se perpetuar no poder" e que "está a procurar dar o salto, deixando o seu parceiro de coligação para trás para preparar (...) outro parceiro para fazer um casamento por conveniência".

Em causa estão as declarações do presidente centrista e ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, que falava numa conferência de imprensa na sede do CDS-PP, sobre as medidas de austeridade anunciadas na sexta-feira pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.