Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Austeridade: Carlos Moedas diz que TSU tem "gerado equívocos" e manda recados a empresários

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - O secretário de Estado adjunto, Carlos Moedas, disse hoje que a Taxa Social única tem "gerado equívocos" e deixou recados a "alguns empresários" que antes se queixavam das restrições de liquidez e agora veem a medida como "uma ameaça".

Discursando no encerramento da conferência "Competitividade e crescimento de Portugal no contexto mundial", o secretário de Estado começou por dizer que se vivem "dias intensos e sensíveis do ponto de vista político" e aproveitou para esclarecer "equívocos" em torno da medida de desvalorização fiscal que considerou "complexa".

Carlos Moedas adiantou que a medida vai ser discutida "de forma alargada", nomeadamente com os parceiros sociais e que "está a ser calibrada de forma a atender aos mais desfavorecidos".