Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associações internacionais de engenheiros civis criam mecanismos de cooperação

Lusa economia

  • 333

Braga, 15 mar (Lusa) - As Associações Profissionais de Engenheiros Civis dos Países de Língua Oficial Portuguesa e Castelhana acordaram hoje estabelecer "mecanismos de cooperação" na avaliação de competências e mobilidade de engenheiros nos países em causa.

Em declarações à agência Lusa, no final do 4.º Encontro daquela organização, que decorreu em Braga, o bastonário da Ordem dos Engenheiros, Carlos Matias Ramos, explicou que na base do acordo está o "papel determinante" da profissão de engenheiro civil no desenvolvimento económico e social de uma sociedade.

No documento redigido no final do encontro são referidas as "transformações profundas" na economia dos países envolvidos que, segundo Carlos Ramos, "representam uma oportunidade" para o setor em Portugal.