Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Associação empresarial de Portalegre diz ser "crítica" a vida das empresas e defende medidas "urgentes"

Lusa economia

  • 333

Portalegre, 04 dez (Lusa) - O presidente do Núcleo Empresarial da Região de Portalegre (NERPOR) considerou hoje "crítica" a situação das empresas da zona, defendendo medidas "urgentes e de impacto" para o setor que assiste, "constantemente", ao encerramento de microempresas.

Em declarações à agência Lusa, Jorge Pais defendeu ser preciso "melhorar" o tecido produtivo para que a região "não esteja condenada à desertificação e à diminuição da população ativa por inexistência da criação de postos de trabalho e desaparecimento dos existentes".

De acordo com o responsável, que apelidou o panorama atual das empresas como uma situação "nunca vista nas últimas décadas", adiantou que o NERPOR está a desenvolver um estudo para identificar e apurar dados sobre o número de insolvências naquela região alentejana.