Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Argélia aperta o controlo às transferências ilícitas de moeda

Lusa economia

  • 333

Alger, Argélia, 04 ago (Lusa) - O primeiro-ministro da Argélia, Abdelamalek Selal, deu ordens para serem controladas de modo mais apertado as transferências ilícitas de moeda, depois de, desde janeiro, terem saído 30 mil milhões de dólares para o estrangeiro.

Em euros, à taxa de câmbio atual, este valor corresponde a cerca de 23 mil milhões de euros.

Segundo a imprensa local deste domingo, o primeiro-ministro pediu ao ministro das Finanças, Karim Djoudi, "para tomar todas as medidas úteis para reforçar o controlo".