Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Apoio à contratação de desempregados sobe até 545 euros e entra em vigor em abril

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 14 mar (Lusa) -- O Governo reforçará a partir de abril os apoios financeiros às empresas que contratem desempregados, aumentando o limite máximo do valor mensal até aos 545 euros e o período de atribuição até aos 18 meses.

De acordo com a portaria hoje publicada em Diário da República, e que entrará em vigor em 30 dias, o "Estímulo 2013" alarga ainda, relativamente ao antecessor "Estímulo 2012", o incentivo à contratação de "inativos" (pessoas que não tenham feito descontos nos últimos 12 meses, nem tenham estado a estudar durante esse mesmo período).

Serão também elegíveis ao programa, desempregados inscritos há pelo menos três meses consecutivos com mais de 45 anos e baixas qualificações "ou que seja responsável por família monoparental ou cujo cônjuge se encontre igualmente em situação de desemprego", esclarece o documento.