Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

António Guterres reconhece "responsabilidade" na situação atual do país

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 01 dez (Lusa) - O antigo primeiro-ministro socialista António Guterres afirmou esta noite que todos os que exerceram cargos públicos têm "uma responsabilidade" no estado atual do país, reconhecendo a sua parte na "incapacidade tradicional [de Portugal] para competir" com a Europa.

"Todos aqueles que exerceram funções em Portugal têm uma responsabilidade no facto de nós, até hoje, ainda não termos sido capazes de ultrapassar esses défices tradicionais, essa incapacidade tradicional para competir em plano de verdadeira igualdade com os nossos parceiros, nomeadamente no quadro europeu", afirmou António Guterres, em entrevista à RTP sexta-feira à noite.

"Ainda não fomos capazes - e eu próprio porventura também o não fui - de re-situar o país por forma a pudermos garantir aos nossos cidadãos melhores níveis de emprego e de bem-estar", reconheceu o Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados.