Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ANACOM diz que DECO foi parceira do processo de migração para a TDT

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 22 out (Lusa) -- A Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) disse hoje que a associação de defesa dos consumidores DECO foi parceira no processo de migração para a Televisão Digital Terrestre (TDT) e participou na informação às populações sobre a mudança.

Em reação ao anúncio por parte da DECO de processar a ANACOM por falhas no processo de migração da televisão analógica para a televisão digital terrestre, a ANACOM mostrou-se "tranquila relativamente à ação interposta pela DECO, pois ao longo do processo da TDT tudo fez junto da Portugal Telecom, o operador responsável pela implementação da rede de televisão digital, para assegurar que o processo garantisse aos consumidores o acesso ao serviço de televisão digital com qualidade".

"Recordamos que a DECO foi parceira da ANACOM no processo de informar as populações sobre o processo de migração: o que fazer, os equipamentos necessários, a existência de mais de um tipo de cobertura e os programas de subsidiação existentes. No âmbito desses acordos, que custaram à ANACOM mais de 75 mil euros, a DECO realizou 100 sessões de esclarecimento por todo o país; e realizou testes aos descodificadores de TDT que existiam no mercado para informar as pessoas sobre as suas características e preços", acrescentou o regulador em comunicado.