Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ANACOM arrisca indemnização de 42 ME aos consumidores TDT

Lusa economia

  • 333

Lisboa 22 out (Lusa) -- A DECO intenta hoje uma ação contra a ANACOM a pedir uma indemnização de 42 milhões de euros pelos danos causados aos consumidores com a mudança de televisão analógica para a digital terrestre (TDT).

Nos termos da lei, a entidade reguladora das comunicações ANACOM estava incumbida de planear, dirigir, acompanhar, supervisionar e fiscalizar o processo de migração para a TDT, e ainda garantir as condições de continuidade de receção do sinal.

"Em tudo, a ANACOM falhou", disse à Lusa Ana Tapadinhas da DECO, dando conta de uma variada lista de incumprimentos do regulador que motivaram esta ação que vai ser entregue hoje no tribunal administrativo de círculo de Lisboa em nome dos consumidores de televisão lesados.