Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Alimentação: Indústria nacional aposta em nichos de consumo

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 20 jul (Lusa) -- 'O que é nacional é bom' dizem cada vez mais consumidores portugueses, respondendo a uma indústria que soube adaptar-se às novas necessidades, criando produtos direcionados ao bem-estar e a segmentos específicos, como o dos idosos ou os celíacos.

Ondina Afonso, diretora executiva da Portugal Foods, confirma que "há uma sensibilidade crescente do consumidor face aos produtos nacionais", à qual o tecido empresarial tem dado resposta, acompanhando as novas tendências "por via da inovação e funcionalidade dos produtos" e adaptando-se a novos segmentos com necessidades específicas como as pessoas intolerantes à lactose ou os celíacos (intolerantes ao glúten).

"As empresas começam a ter capacidade tecnológica e conhecimento para responder a estes novos desafios. Cada vez mais segmentam os seus produtos para nichos específicos, para necessidades muito específicas a nível nutricional. A nossa indústria está atenta às tendências de saúde e bem-estar que também se desenham a nível mundial", salientou a responsável desta associação que visa promover o setor agroalimentar português.