Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Extrena: Frente Comum apela à união dos trabalhadores nos locais de trabalho

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 set (Lusa) -- A Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública escusou-se hoje a avançar para um cenário de greve geral, apelando aos trabalhadores para que, antes de mais nada, estejam unidos nos locais de trabalho.

"Vamos analisar todas as formas de luta se todas estas medidas forem para a frente mas neste momento é importante que os trabalhadores estejam, antes de mais, unidos no local de trabalho", disse a coordenadora da Frente Comum, Ana Avoila hoje em conferência de imprensa.

De acordo com as contas da estrutura sindical afeta à CGTP, com os cortes anunciados pelo Governo para o próximo ano, os funcionários públicos irão perder perto de três salários, ou seja, uma média de 52,5 euros mensais, para além dos cortes salariais que já sofreram em 2011 e 2012.