Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: 'Troika' regressa a Lisboa a15 de julho para a oitava avaliação

Lusa economia

  • 333

Bruxelas, 17 jun (Lusa) -- A 'troika' regressará a Lisboa a 15 de julho para a oitava avaliação do programa de ajustamento português, um mês depois da data inicialmente prevista, face aos atrasos registados na sétima avaliação, indicaram hoje à Lusa fontes comunitárias.

A oitava avaliação trimestral da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) terá então início dentro de sensivelmente um mês, tal como adiantara a 23 de maio fonte oficial do FMI, que na ocasião justificou o adiamento para "meados de julho" devido aos atrasos na conclusão do sétimo exame regular, o mais longo e problemático desde o início do plano de ajuda externa, há cerca de dois anos.

Os resultados da sétima avaliação foram apresentados publicamente a 15 de março, mas o chumbo do Tribunal Constitucional obrigou o Governo a apresentar medidas de compensação, que tiveram de ser discutidas com a 'troika', e que só recentemente receberam "luz verde", inviabilizando o início da oitava avaliação no corrente mês de junho, como inicialmente previsto.