Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: 'Troika' "não é má da fita", Governo é que tem de cumprir metas -- deputada alemã

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 set (Lusa) - Os objetivos da 'troika' são consensuais e cabe ao Governo português descobrir formas de os cumprir, disse hoje à Lusa a deputada alemã Bettina Hagedorn, que lidera uma delegação do parlamento da Alemanha em visita a Portugal.

"Creio que as pessoas não devem dizer que os da 'troika' [Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional] são os maus da fita. Toda a gente concorda que os objetivos [da 'troika'] são os corretos. O problema não é esse. O governo português é que tem de descobrir a sua forma de os concretizar. Isso não cabe à 'troika'q, mas ao governo", disse Hagedorn, pouco antes de entrar para uma reunião com duas comissões parlamentares portuguesas na Assembleia da República.

"Isso é uma discussão muito interessante em Portugal, como atingir as metas. Poderá ser de uma maneira diferente da forma que o Governo propôs na semana passada", disse Hagedorn, cuja delegação também teve encontros com o Governo e com o Banco de Portugal.