Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: 'Troika' deixa cair meta de redução de 50% dos contratos a prazo no Estado

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 26 jun (Lusa) - A meta de redução de 50% dos contratados a prazo no Estado caiu do memorando da 'troika' revisto na sétima revisão, depois do Ministério das Finanças ter admitido numa nota interna que a concretização da medida podia estar em causa.

No memorando de entendimento divulgado na sexta avaliação do programa, com a data de janeiro deste ano, estava incluída a especificação da percentagem da redução do número de trabalhadores com contratos a termo certo no Estado durante o ano de 2013, nos 50%.

No entanto, no memorando revisto na sétima avaliação hoje divulgado pela Comissão Europeia esta percentagem desaparece do acordo entre os credores (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) e Portugal.