Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: Professores e profissionais de saúde serão abrangidos pela Mobilidade Especial até junho

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) -- Professores e profissionais de saúde serão abrangidos ainda este ano pela Lei da Mobilidade Especial, que vai ser alterada para permitir baixar as remunerações dos trabalhadores, revela o relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) hoje divulgado.

A Lei da Mobilidade Especial deverá passar a ser "aplicada a todos os setores da Administração Pública, incluindo professores e profissionais de saúde" no segundo trimestre deste ano, lê-se no relatório do FMI sobre a sexta avaliação do Programa de Assistência Económica e Financeira a Portugal.

O FMI quer que a legislação existente seja revista de forma a "diminuir ainda mais, o tempo e a duração" das remunerações e "facilitar/simplificar os procedimentos para a gestão dos funcionários que podem ser direcionados com esta ferramenta".