Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: Portugal precisará de dose significativa de austeridade para meter contas em ordem - FMI

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) -- O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Portugal, Subir Lall, diz que ainda será necessário um nível significativo de consolidação orçamental para Portugal conseguir colocar as suas finanças públicas numa trajetória sustentável.

"Ainda será necessário implementar um nível significativo de consolidação orçamental, para colocar as finanças públicas portuguesas num caminho sustentável", afirmou Subir Lall, numa teleconferência com os jornalistas a partir de Washington, onde explicou a análise que o fundo faz à oitava e nona avaliações do programa.

O responsável lembrou no entanto que para reduzir a dívida pública será necessário não só consolidação orçamental, mas também que a economia cresça de forma considerável.