Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: Novos limites para défice não implicam mais tempo nem mais dinheiro - Gaspar

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 mar (Lusa) -- O ministro das Finanças afirmou hoje que os novos limites concedidos pela 'troika' para cumprir as metas do défice não implicam mais dinheiro nem mais tempo, reiterando que o programa vai terminar em junho de 2014.

"Não se trata de mais tempo nem de mais dinheiro. O programa terminará em junho de 2014 com o mesmo envelope financeiro. Trata-se, sim, de alargar o prazo para consolidação orçamental imposto no âmbito do Procedimento de Défices Excessivos, de forma a atingir um défice orçamental inferior a 3% [do Produto Interno Bruto, PIB] em 2015", disse Vítor Gaspar.

O ministro falava, em conferência de imprensa, na apresentação dos resultados do sétimo exame regular da 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia) ao Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) de Portugal.