Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: Governo volta a pedir para aligeirar metas do défice

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 15 mar (Lusa) -- O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, anunciou hoje que ficou acordada com a 'troika' uma nova flexibilização das metas estabelecidas para o défice orçamental em 2013, 2014 e 2015 e que em 2012 o défice pode atingir 6,6% do PIB.

Na conferência de imprensa de apresentação dos resultados da sétima avaliação do Programa de Assistência Económica e Financeira, Vítor Gaspar explicou que as metas acordadas com a 'troika' ainda terão de ser aprovadas pelos ministros das Finanças da União Europeia em Bruxelas.

Ainda assim, depois das revisões já aplicadas na quinta revisão -- que ocorreu em setembro - o Governo vê-se obrigado a pedir uma revisão das metas novamente. A meta pedida para este ano passa a ser superior a que estava em vigor para 2012, de 5% do Produto Interno Bruto (PIB).