Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda Externa: FMI diz que "não há número mágico" de juros para regressar ao mercado

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 nov (Lusa) -- O chefe da missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) para Portugal considera que não há um "número mágico" de juros da dívida que dirão se Portugal está capaz de regressar aos mercados e recusa falar sobre mais ajuda pós-programa.

Numa teleconferência com os jornalistas a partir de Washington, onde explicou a análise que o fundo faz à oitava e nona avaliações do programa, Subir Lall explicou que a taxa tem de ser considerada sustentável, mas tendo em conta outros fatores como a continuação do acesso ao mercado e o crescimento económico.

"Não há nenhum número mágico de juros na nossa opinião, mas a maneira que vemos do que tem de ser o financiamento nos mercados é: o juro tem de ser considerado sustentável, e tem de ser considerado um acesso sustentável ao mercado durante um período duradouro", disse, em resposta a questões dos jornalistas sobre a fasquia colocada recentemente pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete.