Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ajuda externa: "Equidade" no ajustamento deve ser contabilizada no final - Augusto Mateus

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 27 set (Lusa) - O economista Augusto Mateus afirmou hoje que "a equidade" no ajustamento a que Portugal está sujeito "tem de ser obtida no final e não agora".

O ex-ministro da Economia explicava, na conferência Portugal em Exame em Lisboa, que em matéria de equidade entre o setor público e privado só pode ser feita quando estiver terminada a intervenção da 'troika' (Comissão Europeia, Fundo Monetário Internacional e Banco Central Europeu).

"Queremos dar aulas de natação sem piscina ou praia e as empresas tornam-se competitivas na piscina", afirmou Augusto Mateus, referindo-se à ideia de dar mais instrumentos às empresas para se tornarem mais competitivas.