Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Aeronáutica: Londres ameaça vetar fusão da BAE com a EADS

Lusa economia

  • 333

Londres, 07 out (Lusa) - Os governos francês e alemão terão que reduzir as suas participações acionistas no gigante europeu da aeronáutica EADS NV para que o Reino Unido autorize a fusão com a BAE Systems PLC, avisou hoje o secretário britânico da Defesa.

Philip Hammond afirmou que o Reino Unido vetará a mega fusão das duas maiores empresas europeias de equipamentos aeronáuticos e de defesa, se esta condição não for satisfeita.

"Não é necessário, penso, eliminar por completo os interesses do governo francês ou do governo alemão na companhia", mas "é necessário reduzir essa participação abaixo do nível em que consigam controlar ou determinar as decisões da empresa", afirmou Philip Hammond à BBC.