Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Advogado da Silarba diz que Câmara de Espinho mente, autarquia apresenta comprovativos

Lusa economia

  • 333

Espinho, 07 fev (Lusa) - O advogado do grupo Silarba garantiu hoje que o presidente da Câmara de Espinho "mentiu" ao afirmar que a construtora tem dívidas ao Estado, o que inviabilizaria pagamentos camarários, mas o Executivo apresentou à Lusa comprovativos dessa situação tributária irregular.

Em causa está a notícia divulgada hoje de manhã, dando conta de que viaturas, contas bancárias e equipamento da autarquia estavam em risco de ser penhorados devido ao facto de a Câmara ter falhado algumas prestações do pagamento de 363.000 euros a duas empresas do grupo Silarba, pelo que o Tribunal Administrativo de Aveiro iria agora decidir os termos da execução.

O presidente da Câmara, Pinto Moreira, declarou então que aguardava o visto do Tribunal de Contas para saldar a dívida, mas justificou o incumprimento de algumas das prestações já acordadas com a Silarba alegando que essa "era devedora" ao Fisco e à Segurança Social, "pelo que a Câmara, por força da Lei, não pode fazer os respetivos pagamentos".