Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

ACP/Viagens abre despedimento coletivo devido a aumento dos prejuízos

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 19 dez (Lusa) -- A unidade de viagens do Automóvel Clube de Portugal iniciou um processo de despedimento coletivo na sequência da quebra de vendas e da quase duplicação dos prejuízos este ano, admitiu hoje à Lusa uma fonte daquela instituição.

De acordo com a mesma fonte do Automóvel Clube de Portugal (ACP), o processo de despedimento coletivo na agência de viagens -- empresa autónoma ao ACP -- abrangeu 15 pessoas, tendo três sido integradas no grupo.

Em "2011 e 2012, a quebra de vendas da agência de viagens foi de 35%", disse a mesma fonte, lembrando que a agência de viagens foi sujeita nos últimos anos a várias reestruturações, algumas das quais com dispensas de pessoal.