Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

A 'troika' em Portugal agora chama-se Portas, Passos e Cavaco - António Costa

Lusa economia

Lisboa, 23 abr (Lusa) - O secretário-geral do PS rejeitou hoje as críticas do Governo sobre eventuais consequências ruinosas se o cenário macroeconómico socialista for aplicado, contrapondo que a 'troika' em Portugal é Cavaco Silva, Passos Coelho e Paulo Portas.

António Costa falava no final da reunião da bancada socialista, na Assembleia da República, depois de confrontado com a advertência do vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, de que a aplicação do cenário macroeconómico do PS poderá fazer regressar a 'troika' (Banco Central Europeu, Comissão Europeia e Fundo Monetário Internacional) a Portugal.

"O caminho de continuar com a 'troika' é continuar com este Governo. Não sei se se lembram, o doutor Paulo Portas até teve um contador de tempo até a 'troika' sair, mas ainda ninguém deu pela saída da 'troika'. A 'troika agora chama-se Portas, Passos Coelho e Cavaco Silva", declarou o líder socialista.