Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

25 de Abril: Desempregados excluídos da riqueza gerada desde 1974 -- economista

Lusa economia

  • 333

Redação, 23 abr (Lusa) -- O professor universitário Pedro Nogueira Ramos considera que se vive hoje, em termos médios, "incomparavelmente melhor" do que há 40 anos, mas salienta que os desempregados estão excluídos desses ganhos.

Para o autor do livro "Torturem os Números que Eles Confessam" e antigo diretor de Contas Nacionais do Instituto Nacional de Estatística, se se olhar para o Produto Interno Bruto (PIB) 'per capita' constata-se uma "diferença abissal entre aquilo que se passava em 2010 e aquilo que se passava em 1974".

"Aquilo que penso que é diferente entre 2010 e 1974 e que, de alguma maneira contraria esta ideia de que vivemos muito melhor nos nossos dias do que em 1974, tem a ver com o modo como o próprio PIB e o próprio rendimento e o fruto da riqueza gerada é distribuído pelos portugueses. A começar pela taxa de desemprego", afirmou o professor catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra.