Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

2012: PPP protagonistas de inquérito no Parlamento e na Justiça

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 13 dez (Lusa) - Os três 'P' que abreviam parceria público-privada, contrato em que se atribui a privados a gestão de coisas públicas, foi uma das 'palavras' de 2012, com direito a comissão de inquérito, estudos, renegociações e buscas domiciliárias.

O Governo prometeu renegociar os contratos de parcerias público-privadas (PPP) do setor rodoviário considerados "demasiado onerosos para o parceiro público", prevendo chegar ao final do ano com uma poupança para o Estado a rondar os 2.100 milhões de euros, diluídos ao longo da vigência dos contratos.

O antigo administrador do BCP, António Ramalho, atualmente presidente da Estradas de Portugal, foi quem se sentou à mesa das negociações, dando conta, uma após outra, da poupança alcançada com cada subconcessão renegociada.