Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

2012: DECO reforça gabinete de sobre-endividados para responder a pedidos de ajuda recorde

Lusa economia

  • 333

Lisboa, 12 dez (Lusa) -- A DECO reforçou este ano o gabinete de apoio ao sobre-endividados (GAS) para conseguir responder ao maior número de sempre de pedidos de ajuda, superior a 5.000, não recebendo quaisquer dinheiros públicos pela prestação deste serviço.

Desde 2009 que a Associação para a Defesa do Consumidor (DECO) prescindiu das ajudas estatais ao GAS.

"Essa ajuda era cerca de 10 por cento dos 250 mil euros que nos custa todos os anos o GAS. Já que tínhamos de fazer esse esforço, então que fosse exclusivamente da DECO. Tomámos essa decisão política!", explicou à Lusa o diretor executivo da DECO, Filipe Fontoura.