Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

S. João da Madeira vai ter a "única coleção de Arte Bruta da Península Ibérica"

Lusa Cultura

  • 333

S. João da Madeira, 28 mai (Lusa) - Os colecionadores Richard Treger e António Silvestre acordaram sediar em S. João da Madeira aquela que definem como "a única coleção de Arte Bruta da Península Ibérica", com 600 peças que abrangem também arte vudu haitiana e crucifixos contemporâneos.

Em causa está o protocolo segundo o qual os proprietários da coleção Treger/Saint Silvestre fixam as suas peças num local com "total garantia de salvaguarda e visibilidade", enquanto a Câmara Municipal de S. João da Madeira, por sua vez, confere "qualidade e dimensão" ao polo de arte contemporânea do centro "Oliva Creative Factory".

Estando já assinado o protocolo, António Silvestre espera agora que a construção da Oliva se conclua "o mais depressa possível", porque, quando se verificar a sua abertura ao púbico, "S. João da Madeira vai ser o único município da Península Ibérica onde se pode ver Arte Bruta".