Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Poesia ao vivo nos restaurantes de Barcelos para fomentar negócio e cultura

Lusa Cultura

  • 333

Barcelos, 04 nov (Lusa) - Têm profissões tão diversas como mecânicos, administradores hospitalares, professores ou agentes das Finanças, mas a partir de hoje todos se assumem também como "caixeiros-viajantes", andando em Barcelos de restaurante em restaurante a servir poesia.

"O que pretendemos é servir poesia empratada da forma mais apetecível possível", disse Fátima Marques, responsável pelo Clube de Poesia da Associação Comercial e Industrial de Barcelos (ACIB), responsável pela iniciativa.

Os "Caixeiros-Viajantes da Poesia" estrearam-se hoje no Restaurante Chuva, cuja gerência fez questão de, à entrada do estabelecimento, colocar uma mesa com livros, de autores como Luís de Camões, José Saramago, Fernando Pessoa ou Jorge Amado.