Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Literatura: Escritor José Luís Peixoto prevê "ação limitada" do novo SEC devido a orçamento que "humilha a Cultura"

Lusa Cultura

  • 333

Toronto, Canadá , 30 out (Lusa) - O novo secretário de Estado da Cultura (SEC), Jorge Xavier Barreto, irá ter a "ação limitada" devido ao atual orçamento que, na opinião manifestada em Toronto à agência Lusa pelo escritor José Luís Peixoto "humilha" o setor.

José Luís Peixoto falava à Lusa em Toronto, no Canadá, onde hoje termina uma visita de seis dias, durante a qual participou no Festival Internacional de Autores e numa iniciativa da EUNIC - a rede dos institutos nacionais de cultura da União Europeia, entre outros eventos.

Questionado sobre as expetativas que mantém em relação ao secretário de Estado recém-empossado, o escritor comentou: "Ele acaba de entrar em funções, há que dar o benefício da dúvida e acreditar. Mas, já se sabe que irá ter uma ação limitada, porque o orçamento [de Estado] secundariza a área da Cultura e até a humilha".