Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Instituto do Cinema e Audiovisual fecha 2013 apenas com um terço do orçamento previsto

Lusa Cultura

  • 333

Lisboa, 17 out (Lusa) - O Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) deverá terminar 2013 com 7,3 milhões de euros de orçamento, por incumprimento legislativo de operadores de televisão e por quebras de receita da taxa de publicidade, disse à Lusa fonte do organismo.

Contactada pela agência Lusa a propósito da proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2014, fonte do ICA explicou hoje que o orçamento inicial do organismo para 2013 foi de 21,8 milhões de euros, mas a estimativa final é de apenas 7,3 milhões de euros.

Na origem desta diferença está o não pagamento, por parte dos operadores de televisão por subscrição, de uma taxa inscrita na nova lei do cinema e audiovisual: Zon/Optimus, PT, Cabovisão e Vodafone deviam ter pago, até 31 de julho, cerca de 12,5 milhões de euros de uma taxa anual de 3,5 euros por cada novo subscritor.