Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Indústrias criativas: Setor cultural representou 3,1% de riqueza gerada em Portugal em 2010 - estudo

Lusa Cultura

  • 333

Lisboa, 25 set (Lusa) -- O setor cultural e criativo representou 3,1 por cento da riqueza criada e 2,7 por cento do emprego em Portugal no ano de 2010, apesar de o ramo manter um défice comercial, segundo um estudo hoje revelado.

O relatório, encomendado pela Samsung Portuguesa aquando do seu 30.º aniversário e realizado pela Augusto Mateus e Associados, refere que em 2010 Portugal exportou 1.322 milhões de dólares (1.020 milhões de euros) em bens culturais e criativos, 2.139 milhões de dólares (1.650 milhões de euros) em bens relacionados e 1.523 milhões de dólares (1.175 milhões de euros) em serviços.

"O contributo deste setor cultural e criativo já compara bem com outros setores mais tradicionais e emblemáticos da economia portuguesa, como são os casos do têxtil e vestuário, da alimentação e bebidas ou do setor automóvel", revelou a Samsung em comunicado.