Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Guimarães 2012: Fundação quer repor justiça quanto a projeto Sarha cancelado

Lusa Cultura

  • 333

Porto, 13 ago (Lusa) -- A Fundação Cidade de Guimarães (FCG) informou hoje que irá levar a cabo "todas as ações legais" para que seja reposta a "justiça legal e ética" quanto ao projeto Sarha, cancelado por "posição irreconciliável" entre produtor e direção artística.

A direção artística do projeto Sarha anunciou, no início da passada semana a desistência da participação na Guimarães 2012 - Capital Europeia da Cultura, manifestando-se chocada por a sua 'perfomance' ter sido alegadamente tratada como "um espetáculo de 'souvenir'".

No passado sábado a equipa artística do projeto Sarha confirmou a sua saída da Capital Europeia da Cultura (CEC), criticando a falta de capacidade da produtora responsável pelo evento, o Centro de Criação de Teatro e Artes de Rua (CCTAR).