Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fundação Cupertino de Miranda já tem terreno para a segunda "torre" em Famalicão

Lusa Cultura

  • 333

Famalicão, 01 out (Lusa) -- A Câmara de Famalicão já aprovou a cedência do terreno para a segunda "torre" da Fundação Cupertino de Miranda (FCM), que incluirá uma guardaria de obras de arte, "única" na Península Ibérica, foi hoje anunciado.

O diretor artístico da fundação, António Gonçalves, disse à Lusa que a cedência do terreno significa "um passo decisivo" para o avanço do projeto, porque só assim pode ser formalizada a candidatura da obra aos fundos comunitários.

São 1.865 metros quadrados que passarão do domínio público para o domínio privado, conforme deliberações já aprovadas pela Câmara e pela Assembleia municipais de Vila Nova de Famalicão.