Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Fim do feriado de 05 de Outubro tem consequências nos valores da República - Associação Cívica do Porto

Lusa Cultura

  • 333

Porto, 03 out (Lusa) -- A associação cívica e cultural 31 de Janeiro, do Porto, considerou hoje "preocupante" o fim do feriado de 05 de Outubro -- Implantação da República -- e lembrou ser esta uma data com alma e valores "que não podem morrer".

"A desqualificação dessa data como dia feriado nacional é, a nosso ver, algo de muito preocupante. Embora se viva em democracia, e ainda com alguma liberdade, nós sabemos que é na democracia e na liberdade que se gera o fascismo e, portanto, não vamos deixar morrer esta data", assinalou à Lusa o presidente da Associação Cívica e Cultural 31 de Janeiro.

António Vilar explicou ser por essa razão que naquele que é o último ano em que a data é feriado, o "motivo das comemorações será "5 de Outubro Para Sempre".