Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Emigrantes da Feira em Caracas e no Rio de Janeiro repetem domingo a Festa das Fogaceiras

Lusa Cultura

  • 333

Santa Maria da Feira, 23 jan (Lusa) - As comunidades venezuelana e brasileira de emigrantes oriundos da Feira celebra domingo a versão latina da Festa das Fogaceiras, em que meninas de branco - lusodescendentes e não só - agradecem a S. Sebastião mais um ano sem peste negra.

Em Santa Maria da Feira, a tradição tem 508 anos e no passado domingo registou mau tempo, obrigando ao cancelamento da procissão que levaria 250 meninas num cortejo pelo centro histórico da cidade.

Em Caracas já serão só 20 a 30 fogaceiras a desfilar, mas espera-se tempo de verão e o mesmo deverá verificar-se também no Rio de Janeiro, em que a festa se faz exatamente com 35 meninas: uma para transportar a réplica do castelo da Feira, outras três para acessórios votivos e ainda outra por cada uma das 31 freguesias do concelho (de acordo com o mapa anterior à reforma administrativa).