Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Biblioteca de Alexandria distinguida com o Prémio Calouste Gulbenkian 2013

Lusa Cultura

  • 333

Lisboa, 15 jul (Lusa) - A Biblioteca de Alexandria, no Egito, e o respetivo diretor, Ismail Serageldin, são os vencedores do Prémio Calouste Gulbenkian 2013, no valor de 250 mil euros, anunciou hoje a entidade.

De acordo com a Fundação Calouste Gulbenkian, o júri distinguiu este ano "um dos mais prestigiados centros de conhecimento a nível mundial". O prémio, em segunda edição, será entregue na sexta-feira, às 18:00, na sede da entidade, em Lisboa.

"A Biblioteca de Alexandria é uma referência cultural para o Mediterrâneo e isso deve-se sobretudo à visão, ao vigor e ao incansável trabalho de Ismail Serageldin", justificou o júri do Prémio Calouste Gulbenkian, segundo uma nota de imprensa hoje divulgada.