Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Bailarinos encaixam-se em espaços urbanos para "irritar" público do Imaginarius

Lusa Cultura

  • 333

Santa Maria da Feira, 23 mai (Lusa) - A companhia austríaca Willi Dorner vai apresentar no Imaginarius um espetáculo em que os seus bailarinos assumem posições inesperadas na estrutura física de edifícios e espaços urbanos para "irritar" o público do festival e questionar os seus hábitos.

Com duas exibições de 45 minutos no âmbito do evento, que decorre na Feira de sexta a domingo, a companhia fundada em Viena em 1999 vai atuar entre o hospital e as piscinas municipais, propondo "um trilho em movimento, coreografado, em que os performers conduzem a audiência através de partes selecionadas de espaços públicos e semipúblicos".

Essa descrição é do próprio Willi Dorner, que, em declarações à Lusa, explicou que o espetáculo "Bodies in Urban Spaces/ Corpos em Espaços Urbanos" vai assim colocar os bailarinos em "pontos selecionados da paisagem urbana local, o que provoca o cérebro e produz irritação".