Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Luís Filipe Vieira diz que presidência "não é emprego remunerado nem lugar para pagar dívidas"

Lusa

  • 333

Lisboa, 25 out (Lusa) -- O presidente do Benfica disse hoje que a presidência do clube "não é um emprego remunerado nem lugar para pagar dívidas pessoais", numa alusão ao candidato rival às eleições de sexta-feira, Rui Rangel.

A afirmação de Luís Filipe Vieira foi feita no estádio da Luz, durante o jantar de encerramento da sua campanha, num discurso centrado em ataques ao juiz Rui Rangel, cuja conduta considerou "incompatível com qualquer sócio que pretenda ser candidato a presidente do Benfica".

"Amanhã (sexta-feira), os benfiquistas têm de decidir se querem que o Benfica tenha futuro ou se querem entregar o clube a quem promove a divisão, mentindo de forma descarada e vergonhosa", disse Luís Filipe Vieira, para quem Rui Rangel fez "acusações baixas e absurdas" e que, por isso, "tem de deixar de ser juiz".