Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lousada: Empresa destruída por incêndio declarada insolvente em março

Lusa

  • 333

Porto, 16 jul (Lusa) -- A empresa de montagens de stands Insyncro, em Lodares, Lousada, cujas instalações foram hoje destruídas por um incêndio, fechou portas em finais de março, tendo um "passivo muito significativo", disse à Lusa o administrador de insolvência.

Segundo Pedro Pivel, administrador de insolvência, a empresa foi declarada insolvente em março e quando fechou empregava 70 pessoas, 20 das quais "trabalhadores de outras empresas do universo Insyncro, também declaradas insolventes".

O responsável adiantou à Lusa que atualmente estava "a prosseguir com a liquidação", sendo que existem "muitas dívidas" a credores e foram "reclamados milhões de euros".