Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Lou Reed, "um velho amigo da China"

Lusa

  • 333

Pequim, 28 out (Lusa) - O compositor e poeta norte-americano Lou Reed, um dos ícones da música rock, que morreu no domingo com 71 anos, nunca tocou em palcos chineses, mas visitou uma vez a China, "cumprindo um sonho antigo".

O episódio foi recordado hoje rede social Sina Weibo, o twiter chinês, em que centenas de emocionados internautas homenagearam o fundador da lendária banda Velvet Underground.

Praticante de taijiquan desde a década de 1990, Lou Reed aprendeu aquela arte marcial chinesa com um professor chinês residente em Nova Iorque e em outubro de 2007, decidiu visitar a terra natal do mestre, em Jiao Zuo, na província de Henan, centro da China.